Tags

,

hahahahahahahahahahahaha haha ha… Há. (muito próximo da risada desesperada!)

Não vou mais dizer o quão ridícula me sinto em não saber nem 0,1% do Business para atores! Por outro lado estou bem feliz em repassar meus conhecimentos para que novos artistas, que tenham as mesmas ambições que eu, cheguem aos Estados Unidos preparados para pisar com o pé direito no mercado de trabalho. Estar perdida, de alguma maneira até que é ok, porque eu aprendo com as experiências, mas se eu tivesse lido algum blog com essas informações, ou se alguém tivesse me aconselhado sobre alguns passos básicos desse mundo artístico, ou até mesmo, se eu tivesse tido um pouquinho mais de vontade em pesquisar essas coisas, talvez já pudesse ter ganhado alguns dias da minha vida.

Algumas pessoas acham que esse tipo de Business é chato e que não interessa justamente porque é para atores. Eu discordo, porque acho que toda essa sandice, meus queridos, serve para se autopromover. Não é um empreendimento apenas para atores, mas sim para quem busca ampliar seus horizontes e negócios (financeiros). Cartões de Visita são importantes para sermos lembrados, principalmente se forem daqueles que você tem vontade de olhar duas, três, quatro vezes.

    Essa semana descobri que Cartão Postal também é uma ferramenta de sucesso para autopromoção e que passa de mãos de atores para mãos de agentes, produtores e diretores. Quando ouvi isso, franzi a testa, e suando frio, rezei para darem uma explicação clara e objetiva antes que eu pudesse perguntar. Aliás, que fique bem claro que eu não pretendo ser motivo de discussão ou piada na mesa redonda dos professores. Enquanto os meus lábios cerrados brigavam com meus dentes, querendo contestar, alguém percebeu minha insatisfação com o comentário e explicou.

É parte do trabalho do ator ser lembrado e relembrado, além de manter a todos informados sobre as atualizações na carreira artística.

Como diz o ditado: Quem não é visto, não é lembrado! (É um tanto frustrante reler essa frase. Porque será que as obviedades devem ser repetidas através de redundantes ditados (ao longo de tantos anos)? Elas fazem sucesso desde a época em que o Sílvio Santos era “supimpa”!)

Pois é, eu ainda acho estranho mandar um Cartão Postal para alguém, com minha Headshot, e um recadinho atrás: “Oi, lembra de mim? Acabei de ser contratado pelo seu concorrente! Fiz o filme X, mas agora que terminou, estou disponível.” Soa bobo, mas é isso o que eles querem. Também me parece contraditório que os Diretores de Casting queiram saber da disponibilidade do ator para novos projetos, mas ao mesmo tempo querem que este mesmo ator esteja envolvido em novas produções, se atualizando sempre.

Bom, o cartão postal deve ter 4 x 6 inches (ou seja, 10,16 x 15, 24 centímetros), deve conter sua Headshot, para que eles saibam quem você é (e até parece que eles vão lembrar), e um MOTIVO pelo qual você quer contatar aquele Diretor de Elenco, além de “Oi, não tenho nada a dizer”

Razões básicas e exemplos do que colocar num Postal                             (PLUS os meus comentários)

  • Que você recentemente conquistou um papel no filme. (Oi, se estiverem precisando de mim, não estarei disponível, tá?)
  • Que você acabou de cumprir 18 anos de idade (???). (Oi, me dá os parabéns ou um Sex On The Beach?)
  • Que você acabou de se tornar um membro do Sindicato de Atores. (Oi, na próxima você vai ter que me pagar melhor porque agora eu sou do Sindicato)
  • Que você tem um novo look. (Oi, cortei o cabelo, quer ver?)

Enfim, por enquanto ainda não faz muito sentido pra mim. No final das contas, mandar um cartão com qualquer uma dessas informações, é a mesma coisa que enviar um antes dito:

“Oi, não tenho nada a dizer”.